Minha foto
Sou Sonia Novaes,Artista Plástica. Gosto de fotografar a natureza,os pássaros,o cotidiano. Gosto de poesias,escrevo alguns contos das viagens que faço e adoro culinária. Adoro fazer novas amizades e tenho muito carinho,por todos que conheço. Trabalho com artesanatos,cerâmica,patch sem agulha e tear manual. Confecciono colares e brincos de fuxicos. Certas palavras podem dizer muitas coisas; Certos olhares podem valer mais do que mil palavras; Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora; Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho; Certos toques parecem estremecer todo nosso coração; Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais, Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre: Vinicius de Moraes

quinta-feira, agosto 16, 2007

A cidade onde nasci.

Esta é a casa em que passei minha infância e parte da minha adolescência...
Aqui era o local que tínhamos uma garagem...hoje ela não existe mais...
A fachada da casa era linda...atualmente ela ainda está assim...mas....
O que restou da nossa caixa d!água.....
Esta é a casa em que nasci...

Nasci numa cidadezinha do interior de SP...antigamente chamava-se Maripá,depois mudaram o nome para Pracinha,pois em Minas já havia uma cidade com o mesmo nome.
Maripá era Distrito de Lucélia,e antigamente era uma cidadezinha bem próspera,teve Cinema,hotel,dois clubes,farmácias,empórios,escola e também havia uma Comunidade grande de japonêses.Foi aí nesse lugar maravilhoso que tive oportunidade de nascer.Meus irmãos nasceram todos em Lucélia,mas mamãe não conseguiu chegar lá...nasci com um médico mas na casa em que meus pais moravam.Mamãe caiu e eu nasci rapidinho,num dia que hoje acho abençôado,mas quando eu era pequena não achava nada engraçado:Dia de Finados.
Naquela época,feriado desse tipo era guardado e respeitado.Lembro que os mais velhos jejuavam,não podia nem ligar o rádio e os alto-falantes da igreja e cinema tocavam músicas tristes.A lembrança do meu aniversário não era das melhores...rsss...pois era para mim difícil de entender porque meus irmãos podiam comemorar o aniversário no mesmo dia e eu não.Sempre era no dia 3 pois dia primeiro tb era feriado,pois comemorava-se o Dia de todos os Santos.
Minha infância foi alegre,morávamos numa linda chácara e tínhamos de tudo,frutas de todos os tipos,horta maravilhosa,plantava-se de tudo,e podemos dar graças a Deus de não termos enjoamentos para comer ,aprendemos a comer ...até jiló....rsss...
Herdei da minha mãe o gosto de comemorar as festinhas de aniversários,fazendo desde o bolo,salgados,doces até as lembrancinhas.Minha mãe era uma artista,fazia de tudo,adorava cozinha e fazer pães e doces...
Ensinou-nos a ler e escrever antes de entrarmos para a escola...foi professora durante 35 anos de sua vida.É comum encontrarmos pessoas que foram alunos dela e lembram com saudades de quando foram seus alunos.
Ah! como eu adorava aquele lugar....meu pai foi Vereador na cidade de Pracinha e Lucélia durante 28 anos consecutivos...fez muitas coisas por lá e era uma das pessoas mais estimadas,pois era bom do coração e ajudava muitos os menos favorecidos.
A caixa d!água da foto,embora envelhecida com o passar dos anos,ainda existe e resiste...era imensa,um dia desabou, mas foi um estrondo tão grande que o nosso vizinho estava há quilômetros dali e veio correndo,pois achava que havia desabado a casa dele....rsss...e ficou lá esquecida,aquele monte de cimento,que ninguém conseguiu removê-la do lugar...lembro que para nós crianças,foi uma delícia pois ela caiu e quebrou só parte das laterais e então aproveitávamos para nadar....rsss...
A cidade é ainda linda,mas naquela época não era asfaltada,então tinha um outro aspecto,aquela coisa de roça mesmo...de brincar no areião...quando chovia andávamos nas enxurradas...ah! como era gostoso.Depois as pessoas foram indo embora,pois trabalhavam na agricultura e os grandes sítios foram se tornando pasto...e foi acabando a cidadezinha,nós mesmos mudamos para Lucélia em 1970 e lá ficou minha querida Maripá...abandonada a seu próprio destino.
A nossa casa era linda...toda de madeira,era a mais linda do lugar...assim que papai vendeu a casa,os novos proprietários,cortaram quase todo o pomar,para transformá-lo em "nada",pois não gostavam de frutas...como foi doloroso ver como ficou...levamos anos para formá-lo e quando vimos a destruição, foi traumatizante.
Hoje a casa está quase caindo e os novos proprietários pensam em demolí-la....
Todo ano volto lá,para visitar os amigos que ficaram por lá e para matar as saudades que sinto daquele lugar.
Antes do Governador Mario Covas falecer,deixou de presente para a pequena Pracinha,cidadezinha de 1.000 habitantes um belo Presídio...presente este que custou a insegurança das pessoas que ainda residem lá...acabou-se o sossego da cidade bucólica que era Pracinha,aliás esse presente maravilhoso foi dado há todas as cidades da Alta Paulista .
Se o Presídio não tivesse sido instalado lá,eu teria comprado novamente a minha casinha,para reformá-la e conservá-la,pois ainda continua linda...

4 comentários:

O Meu Jeito de Ser disse...

Sonia sei bem tudo o que você disse aqui.
Consegui com seu relato viajar e viajar, e de certa forma chegar bem próximo de você.
Sou de Álvares Machado, bem próximo da sua região. não sei se vc conhece.
Fica entre Pres Prudente e Bernardes.
Lá ianda estão todos os meus irmãos, também estão enterrados meus pais.
Enfim, só eu e minha nova família estamos por aqui, na capital e aqui no litoral. Eu moro em Mongaguá.
Mas fiz o passeio com vc. Tudo o que vc descreveu aqui é muito familiar prá mim.
Um beijo
Aninha

Sonia Novaes disse...

Aninha
Não conheço sua cidade,mas quando estudei interna num colégio de freiras em Adamantina,morei com algumas meninas de Álvares Machado,mas não lembro o nome,me parece que tb tinha uma Sônia.
Escrevo muitas histórias tb num site de culinária se vc quiser ver:www.cybercook.com.br
Se vc acessar o Forum, entre nos números anteriores e verá uma quantidade razoável de histórias que são relatos das viagens que faço à MInas Gerais.
Um beijo...

Nara disse...

Vi seu blog,e uma perguntinha a fazer:vc tem raízes em Minas Gerais?Pq tb sou mineira e Novaes de Minas.Adoro a área de artes.Gosto mto de fazer lembrancinhas pra festas,decorações,pinturas.Enfim as coisas lindas do artesanato.Sou leitora e usuária do cyber cooke.Abços

Sonia Novaes disse...

Nara

Me desculpe a demora em responder...hoje que vi seu recado.
Sou mineira de coração...rsss...trabalho com artesanato em tear de Minas e tb moramos por cinco anos em Pouso Alegre.
Vou sempre em Minas...mas moramos em Campinas.
Frequento há muitos anos o cybercook,escrevo minhas histórias por lá.
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...